quarta-feira, 11 de março de 2015

Gonçalo M. Tavares e o homem que deseja ser grande

Gonçalo M. Tavares na Flica 2014, por Egi Santana


"Será possível que este homem, que agora se cruza comigo na rua, será possível que este rosto perfeitamente informe, que não conheço, que não evidencia nenhum traço mágico ou de força invulgar, será possível, enfim, que este rosto que é como que a repetição de milhares de outros rostos, este rosto interminável, porque grotescamente comum, será possível que por detrás deste rosto esteja um homem que deseja ser grande, e que acredita que isso ainda é possível?"


Presente em A máquina de Joseph Walser (Companhia das Letras/2010), pg. 125.

Nenhum comentário: