terça-feira, 23 de agosto de 2016

Olhos abertos no escuro - Deserto poema - Despedaço - Ingênio - Leitura de trechos pelo autor



As decepções do professor Belizário com a literatura e o encontro de um zumbi telepático, que oferece lições filosóficas a anjos e transeuntes carnais, com a empresária Aisha, cuja especialidade é faturar em cima de mitos burgueses.

Um profissional, por conta do acaso, se fascina pelo pôr do sol. Outro, caminha pela areia da praia, de terno, desolado. Encontram-se, desabados. O que há de comum
além da dor e da redenção?

Um astro da música brasileira rememora a sua importância para o público e imprensa, remexe as suas lembranças contraditórias e assume o fracasso de ser apenas uma caricatura "genial" que a sua carreira forjou no imaginário popular.



Não consegue visualizar o player? Clique aqui para ver o vídeo.

Vídeo gravado em 21/08/2016, no escritório do autor na Pituba, Salvador, Bahia, Brasil.

Câmera: Sarah Fernandes

Os trechos selecionados foram esses aqui  |  aqui  |  aqui

Informações sobre o livro aqui

Nenhum comentário: