quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Olhos abertos no escuro - Sereno aceitar - Alucinação - Ela não quis - Leitura de trechos pelo autor



Um solitário porteiro leva uma vida repetitiva e ordinária, até que um par de sapatos vermelhos importados provoca o fatal alumbramento repentino, forjando o mito do bacana em quem nunca deixou de ser medíocre — embora que
ambos sejam ordinários, ao fim.


Mataram a Rita!
E uma das peças, apaixonada pela bucha de sena, irrita-se com a jogada tonta que vitimou a sua musa, e escapole do tabuleiro de dominó, iniciando a saga surreal da alucinação.


Manuela, 15 anos, estudante. Davi, médico. Colegas de natação. Da sedução matreira da garota à proposta arriscada e cretina.



Não consegue visualizar o player? Clique aqui

Vídeo gravado em 21/08/2016, no escritório do autor na Pituba, Salvador, Bahia, Brasil.

Câmera: Sarah Fernandes

Os trechos selecionados foram esses aqui  |  aqui  |  aqui

Informações sobre o livro aqui

Nenhum comentário: