Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de julho, 2010

Nem mesmo os passarinhos tristes, de Mayrant Gallo

Mayrant Gallo Foto: Divulgação | Arte: Mirdad "Disse que ia sair para comprar cigarros... E o fez mesmo. Voltou para casa e está dormindo" "Sonhou que transava com três mulheres. Mais: que as satisfazia. Acordou, e nem a esposa estava ao seu lado" "Foi somente quando se deu conta de que não podia mais ser pai e já não era mais filho que ele foi feliz" "Por distração ou descuido, parado na esquina, o homem perdeu um dos lados do rosto na carroceria de um caminhão. Mas não há infelicidade que não se desmanche, em parte ou em todo: a esposa, em casa, pensou que ele fosse outro e o levou direto pra cama" "Por vários dias admirou aquela modelo-viva na vitrine. Quando soube que não era viva, não deu a menor importância. Voltaria lá tantas quantas vezes quisesse sua lembrança" "Aqueles que sentados no bar bebem não bebem porque querem. Bebem porque, colados às cadei

Mr. Hyde

foto: Suzanne Bouron "Sem um objetivo pelo qual tenha de esforçar-se, nenhum homem pode viver. Quando perdeu a sua finalidade e a sua ilusão, o homem transformou-se muitas vezes, com o aborrecimento, num monstro" Fiódor Dostoiévski - Memórias da Casa dos Mortos (1862) - .

Dia Mundial do Rock

interferência: Mirdad Hoje é dia de relembrar as grandes referências: Jimi Hendrix, Creedence Clearwater Revival, Led Zeppelin, Elvis Presley, Pink Floyd, Black Sabbath, Radiohead e Dire Straits. Relembrei também dos bons tempos alaranjados... Ano que vem, The Orange Poem faria 10 anos. Mesmo aos trancos e barrancos de uma geração bufa-fria, longa vida ao rock, que reencontrará sua função primal: provocar. .

Lição

Frank Sinatra - My Way " And now the end is near And so I face the final curtain My friend, I'll say it clear I'll state my case of which I'm certain I did it my way For what is a man, what has he got? To say the things he truly feels And not the words of one who kneels I did it my way " Muito obrigado, Mr. Sinatra. Eu aprendi. .

Humana

Lendo Naquela Praia , de Marceleza de Castilho Humana Emmanuel Mirdad Ela propagou a quem estivesse próximo que ele era o “amor de sua vida”. O tempo modificou as circunstâncias, naquele embalo de que com tudo o sempre acaba. E quando ainda faltava muito para a vida acabar, ela nem ao menos o atendia mais. Apagou, e recomeçou a propagar os demais amores, tal qual a coleção de contraditos e enganos. Humana. .

Perambulando #13 - Messias

Lançamento de Messias - foto: Mirdad Perambulando é uma seção deste blog destinada a expôr os vídeos que irei registrar nas andarilhadas por aí. Ontem foi o show de lançamento do álbum triplo escrever-me, envelhecer-me, esquecer-me , do cantor e compositor baiano Messias . Acompanhado pela banda base formada por andré T (baixo, violão e programações), Jô Estrada (guitarra) e Mark Mesquita (bateria), Messias apresentou uma refinada seleção das 32 músicas que compõem sua trilogia. O show foi no Espaço Cultural da Barroquinha , ao lado do cinema Glauber Rocha, dentro de uma igreja reformada para espaço de eventos; muito bacana, por sinal, e histórico também - o rock é herege e não costuma freqüentar espaços sacros. Messias - God If You Can Hear Me Messias - The Machines are My Family O público foi legal para uma quarta-feira à noite, chuvosa, com o show começando pra mais de 22h. Messias contou com os convidados Alex Pochat (cítara e trompete), Junix (guitarra), os