Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de julho, 2020

Música para Escrever #49 — Lullabies for Falling Empires, Over the Ocean, Zeresh, Parahelio, Plight Radio, Break My Fucking Sky, Almøst Silent, Baikonur, Vanlock e Treble Puns

O amor de neve é o nº 1 para os gêmeos da casa de papel. Ser dado ao solo o adeus, suspiro por suspiro: “surte, Evelia, surte!”. Quando tudo queima por dentro, cegam-se as histórias do pântano. Nada descontinuamente nos pequenos quadrados parece agudo. Confira o post #49 da série Música para Escrever , com os melhores sons de post-rock, a alumiar a mente e transcender em palavras. Lullabies for Falling Empires New York | Estados Unidos Bandcamp aqui Facebook aqui Foto daqui Melhor disco para escrever " Snow Love " (2014) Ouça aqui Para continuar escrevendo " No. 1 " (2011) Ouça aqui " Twins " (EP) (2020) Ouça aqui --------- Over the Ocean Norfolk | Estados Unidos Bandcamp aqui Facebook aqui Foto daqui Melhor disco para escrever " Paper House " (2011) Ouça aqui Para continuar escrevendo " Be Given to the Soil " (2013) Ouça aqui --------- Zeresh Isra

Dez poemas de Martha Galrão

Martha Galrão [foto daqui ] O homem de gelo O que não combinava era o homem de gelo parecer um mouro, não na beleza, mas na cor. O homem de gelo sentou-se em frente a mim e me olhou. Com seus olhos frios de gelo. Nada disse. Por força da tentativa aproximei minha alma dele. Doeu. Você já tentou aproximar sua alma de um homem de gelo? Não tente. Queima. Não como fogo, mas como gelo. Em frente ao homem de gelo as palavras perderam força. E eu que sou mulher de palavras me desfiz. Marulhosa, eu marejei. Fiz silêncio. Desci pelas escadas, vertiginosa, espiral, com a mão na parede para não cair. Presente no livro “A chuva de Maria”, pg 63 -------- Você sabe que vai cair e se debruça. Você quer a vertigem. Se joga e voa até o solo. Presente no livro “A chuva de Maria”, pg 77 -------- XXXIII Água, Água transforme minha dureza em correnteza Água transforme minha queda em cachoeira Água transforme meu medo em corredeira Água

Música para Escrever #48 — Cucs De Llum, Sound Architects, Da Voile, Dumbsaint, As In We, Stone From The Sky, the Singer is Dead, Flares, Incoma e When The Light Dies (WTLD)

Nascido de uma semente, um personagem amadurece numa entidade, à busca da sua própria luz interior. Quatro mascarados, chamados de “os vermes da luz”, influenciados por vagalumes, gostam de musicalizar as histórias dos “vagalumes de Lúcifer”. Em tempos de necessidade, o processo de renascimento dá início ao protocolo de transferência, ao entardecer. O ar que respiramos, reforça o sorriso nativo do lilás nas páginas de um diário inanimado. Os corações quentes do panorama, em dez pedaços. Algo que você sente, encontrará a sua própria forma, uma outra cena, como deveria ser: tão acima, tão abaixo. Quebrar a perna num “foda-se o sol” \\ o cantor está morto. O império solar é implacável: promove a levitação em ritmos alegóricos. Longe de nós, a dúvida razoável: o oceano nunca acaba? O lamento das Leônidas soa num EP. Confira o post #48 da série Música para Escrever , com os melhores sons de post-rock, a alumiar a mente e transcender em palavras. Cucs De Llum Zacatecas | México