Pular para o conteúdo principal

Produções de Emmanuel Mirdad: Ano 2004


Depois de produzir apenas três shows em três anos da minha banda The Orange Poem, decidi colocar a mão na massa no esquema “faça você mesmo” em 2004, e elaborei a proposta de série de shows chamada Agente Laranja Gueto Cultural, que o Tangolomango Bar, em Salvador, Bahia, topou fazer na parceria.

O Agente Laranja Gueto Cultural foi o primeiro evento criado e executado por mim. Graças a essa experiência, comecei a trabalhar como agente de shows de bandas de rock, produzindo as noites do Tangolomango Bar.



Agente Laranja Gueto Cultural

Temporada de sete shows da banda The Orange Poem no Tangolomango Bar (que funcionava na Rua Alagoas, Pituba, Salvador, Bahia), com periodicidade quinzenal, aos domingos. Como não conseguia ninguém para produzir a banda em que eu cantava e tocava minhas composições, e precisava fazer um caixa para gravar o primeiro CD, resolvi tomar a iniciativa.

Na minha primeira experiência com produção cultural, já fui pensando grande: ao invés de apenas um show da The Orange Poem, uma janela cultural de produções baianas nas variadas artes: música, poesia, artes plásticas e audiovisual.

Com o passar das edições, os parceiros convidados das outras artes começaram a falhar e a me deixar na mão. Assim, o Agente Laranja Gueto Cultural teve apenas shows musicais, com a The Orange Poem e uma banda convidada. Tocaram no evento as bandas Soma, Pangenianos, Besouros do Sertão, Paladinos, entre outras.

Patrocinador – Meu bolso e Tangolomango Bar

Funções – Criação e concepção da proposta | Produtor executivo | Curador

-----


Produtor do Tangolomango Bar

Por conta da produção da temporada de shows Agente Laranja Gueto Cultural, em que comecei a articular diversos contatos no meio cultural baiano, o então dono do Tangolomango Bar (que funcionava na Rua Alagoas, Pituba, Salvador, Bahia) me convidou para tomar conta da programação das noites fracas do bar, inicialmente nos domingos, mas que, a partir de outubro, foi ampliada para todas as noites, exceto as que a Mamutes (atração principal da casa) tocava.

Agenciei diversas bandas, mas as principais foram Paladinos e Besouros do Sertão (fotos acima), que sempre encheram a casa com muita satisfação do público. Não ganhava nada do que o bar vendia, não tinha nenhuma remuneração fixa, e entrava apenas na divisão da bilheteria destinada às bandas (menos a percentagem do bar). Ou seja, quase nada.

Funções – Produtor executivo | Curador | Roadie


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seleta: Rock

Foto: Griffin Wooldridge Para curtir, dirigir, criar, transar, cozinhar, fazer trilha na mata, correr na orla, mergulhar no íntimo, vasculhar os recônditos da mente e se sentir vivo & pulsante na existência, confira as  1 3 playlists de rock da Seleta , com Pink Floyd , Radiohead , The Cranberries , Placebo ,  Led Zeppelin ,  Dire Straits , Creedence Clearwater Revival , U2 ,  The Wallflowers , Counting Crows ,  Audioslave ,  Black Sabbath e Bjørn Riis . Entre 2018 e 2022 , selecionei  1.080 músicas prediletas, presentes em  132 álbuns , 09 EPs e 17 singles , um universo de sensações guitarreiras & poéticas! PS: Esse post será atualizado a cada nova Seleta Rock criada. Seleta: Pink Floyd (2022) 145 músicas | 18 álbuns Ouça aqui Seleta: Radiohead (2022) 130 músicas | 11 álbuns, 07 EPs e 14 singles Ouça aqui Seleta: The Cranberries (2021) 90 músicas | 08 álbuns Ouça aqui Seleta: Placebo (2022) 110 músicas | 15 álbuns e 1 single Ouça  aqui Seleta: Led Zeppelin (2022) 85 mús

Leituras 2020

Os 10 livros lidos em 2020 Li 10 livros em 2020 , com destaque para a poesia, e selecionei trechos das obras de Alex Simões , Lúcio Autran , Wesley Correia , Mariana Botelho , Nina Rizzi , Érica Azevedo , Ana Valéria Fink e Cyro de Mattos , e trechos dos romances de Franklin Carvalho e Victor Mascarenhas . Além dos livros, elaborei uma seleção de poemas de Zecalu [publicados nas redes sociais em 2019], outra seleta de trechos de crônicas de Santiago Fontoura [publicadas no Facebook], e uma seleção de poemas de Martha Galrão . Por fim, reli a autobiografia de Rita Lee e divulguei trechos também. Boa leitura! “Contrassonetos catados & via vândala” (Mondrongo, 2015) Alex Simões Leia trechos  aqui “soda cáustica soda” (Patuá, 2019) Lúcio Autran Leia trechos  aqui “laboratório de incertezas” (Malê, 2020) Wesley Correia Leia trechos  aqui “o silêncio tange o sino” (Ateliê Editorial, 2010) Mariana Botelho Leia trechos  aqui   “A ordem interior do mundo” (7Letras, 2020) Franklin Carv

Seleta: Lisa Hannigan

Lisa Hannigan (foto daqui ) Conheci a cantora e compositora irlandesa Lisa Hannigan graças ao emocionante filme “ Maudie ” (2016), da diretora irlandesa Aisling Walsh (baseado na história da artista canadense Maud Lewis ). A música dos créditos finais é “ Little Bird ”, e a suavidade, timbre, afinação e interpretação tátil da bela voz de Lisa Hannigan me fisgou na hora! Contemplei três dos seus álbuns, “ At Swim ” (2016), “ Passenger ” (2011) e “ Sea Sew ” (2008), e fiz uma seleta com 20 canções que mais gostei. Confira o belo trabalho da irlandesa Lisa Hannigan ! Ouça no YouTube  aqui Ouça no Spotify aqui 1) Tender [At Swim, 2016] 2) Funeral Suit  [At Swim, 2016] 3) Home [Passenger, 2011] 4) Little Bird [Passenger, 2011] 5) Paper House [Passenger, 2011] 6) An Ocean and a Rock [Sea Sew, 2008] 7) Prayer for the Dying [At Swim, 2016] 8) Nowhere to Go [Passenger, 2011] 9) Anahorish [At Swim, 2016] 10) We, the Drowned [At Swim, 2016] 11) Splishy Splashy [Sea Sew, 2008] 12) T