quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Três poemas de Ildegardo Rosa

Ildegardo Rosa em 1969, ao lado de sua esposa Martha Anísia, 
com a qual foi casado por 49 anos, até falecer em 2011.


Hoje, 22 de outubro, comemoramos o aniversário de Ildegardo Rosa (1931-2011), meu pai, o Mestre Dedé, filósofo, advogado, fazendeiro e poeta. Para celebrar o seu dia, posto o original de três poemas seus. Noturno, de 1959, eu musiquei e em breve irei gravá-lo. Eu quero você, de 1961, foi dedicado à minha mãe, Martha Anísia, escrito no começo apaixonante da relação de ambos. Desde o princípio eu sou, de 1996, é um representante de sua fase de filopoesias, e faz parte da canção Illusion's Wanderer, gravada por Orange Poem e Mateus Aleluia, com a voz do próprio poeta, que você ouve aqui. Eis os poemas:







Nenhum comentário: