Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Vamos ouvir: Afroelectro

Afroelectro (2012) - Afroelectro




Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Release disponível no blog do Afroelectro:

"

Formada em 2009, a banda Afroelectro cria a sua identidade sonora revisitando o continente africano através do contato com artistas e a sua produção sonora mais comtemporânea, da vivência direta de alguns integrantes da banda com músicos de lá e da experiência de habitar uma grande metrópole como São Paulo, que tem sido a grande catalisadora da cultura brasileira e do mundo. É o lugar onde o côco e a embolada dialogam com o hip-hop, onde o rock encontra o camdomblé, onde a tradição encontra o novo.
A cultura brasileira é encontrada com muita força na música do Afroelectro, principalmente nos versos e nas partes cantadas. Cantos de cultura popular de diferentes regiões do país como os cantos de Tambor de Crioula de Taboca do Maranhão (trazidos para São Paulo pelo Pai Euclides da Casa Fanti-Ashanti), versos de Cavalo-Marinho originários de Nazaré da Mata (Pernam…

Melhores da revista piauí (2006-2012)

Capas das revistas piauí 03, 01 e 02 de 2006, 8, 5, 15, 10, 12, 13, 04, 07, 06, 14, 09 e 11 de 2007,  26, 25, 18, 20, 27, 21, 17, 24, 23, 19, 22 e 16 de 2008, 30, 35, 28, 29, 34, 33, 36, 38, 31, 37 e 32 de 2009,  42, 45, 47, 41, 51, 46, 44 e 49 de 2010, 55, 59, 56, 61, 52, 58, 62, 53, 57, 54 e 63 de 2011, e 72, 67, 68, 71, 75, 69, 70, 74, 66 e 73 de 2012.

Os 225 melhores textos/HQs que foram publicados na revista piauí entre 2006 e 2012 você confere nos links abaixo, selecionados por mim, assinante (primeiro das bancas e depois na forma padrão) desde a piauí_5, num levantamento que fiz nos meses de fevereiro e março de 2013, e janeiro de 2015.





2012 Acesse aqui








2011
Acesseaqui








2010 Acesse aqui





2009
Acesse aqui





2008
Acesse aqui















2007 Acesse aqui










2006 Acesse aqui




Vamos ouvir: Dois Tempos, da Khrystal

Dois Tempos (2012) - Khrystal



Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Release do CD por Tárik de Souza, disponível no Myspace da cantora:


"
O BRILHO SEM AMARRAS DE KHRYSTAL
Tárik de Souza ::Set de 2012

“Não tenho samba no pé/ mas tenho um pé no samba/ eu canto tanto o samba quanto o meu baião/ não venha me tolher, pois eu tô pra fugir/ das amarras da padronização”. (“Na lama na Lapa”, Khrystal/Valéria Oliveira) Quem ouviu a estupenda estréia da cantora Khrystal, em 2007 (e foram mais de nove mil discos vendidos, mesmo no disperso mercado independente), no disco “Coisa de preto”, foi surpreendido por sua capacidade de abordar de forma inovadora o ritmo do coco. Do primal conterrâneo Chico Antonio (“Usina”, com Paulirio), descoberto na década de 20, pelo folclorista, ensaísta e escritor Mário de Andrade, aos paraibanos Chico César (“Sem ganzá não é coco”) e Kátia de França (“Quem vai, quem vem”), os pernambucanos Lenine e Siba (“Coco da mãe do mar”), Dominguinhos e Toinho Alve…

Vamos ouvir: Um dia que já vem, do Mão de Oito

Um Dia que Já Vem (2012) - Mão de Oito




Download grátis do novo disco.

.

Melhores da revista piauí - Textos (2007-2012)

Capas das revistas piauí 72 (2012), 45 (2010), 56 e 58 (2011), 75 (2012),
42 (2010), 70 e 69 (2012), 61 (2011) e 67 (2012).

Fiz uma seleção dos 10 melhores textos dos melhores da revista piauí que publiquei, por aqui, entre fevereiro e março de 2013. Em destaque, trabalhos excelentes, de David Foster Wallace, Reinaldo Moraes, Consuelo DieguezJulio Cortázar, Francisco Goldman, Jonathan Franzen, entre outros. Confira abaixo:

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Vamos ouvir: Pra Ficar, da Orquestra Contemporânea de Olinda

Pra Ficar (2012) - Orquestra Contemporânea de Olinda



Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Informação retirada dafanpage da Orquestra:

"
'Pra Ficar' (2012) é o segundo trabalho, autoral por inteiro, da big band olindense. Ganha assinatura do conceituado produtor musical Arto Lindsay, considerado um dos principais responsáveis pelo amadurecimento da música brasileira na déc de 90, tendo trabalhado com Caetano Veloso, Marisa Monte, Carlinhos Brown e Gal Costa. O disco tem a participação de Isadora Melo (vocal), Lucas dos Prazeres (percussão) e Ademir Araújo (arranjo de metais para "Viver o que falta viver"). Baixe no www.orquestraolinda.com.br

• Indicada ao Grammy Latino 2009, na categoria de 'Melhor Álbum de Música Regional Brasileira 
• Finalista da categoria regional do Prêmio da Música Brasileira 2009 
• O Show e CD da Orquestra foram indicados pela critica musical do New York Times em novembro de 2008 e abril de 2010.
• Indicada pela crítica do New…

Vamos ouvir: A/B, de Vitor Araújo

A/B (2012) - Vitor Araújo



Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Release do CD por Tibério Azul, disponível no site de Vitor Araújo:

"

Quando Vitor Araújo surgiu pisando no piano muitos estranharam, teceram críticas, outros elogiaram, e tantos acreditaram se tratar apenas de um arroubo juvenil. Não era. Porque Vítor não pisava simplesmente no piano, ele mergulhava no instrumento como um casal adolescente descobre pela primeira vez a vontade de se perder no outro. Naquele ato o artista apresentava tudo o que propunha: imergir sem pudor ou freio. Raiz de toda concepção artística, ele dizia muito mesmo sem saber ao certo.
Agora em novo trabalho o garoto atrevido mantêm o movimento e volta a pisar, só que não mais no piano e sim em um coração ferido. Ele pisa, mergulha e se funde com ele, rasga, acaricia, revira, solta e nos apresenta um disco de puro sentimento, cru, tão sem interferência que decidiu por não cerceá-lo com nomes. O disco é chamado apenas de "A/B", um t…

Melhores da revista piauí - HQ (2007-2012)

Capas das revistas piauí 05, 08, 11 e 13 de 2007, 19 de 2008,  30 e 38 de 2009, 41 e 51 de 2010, e 70 de 2012.

Fiz uma seleção das 10 melhores HQs dos melhores da revista piauíque publiquei, por aqui, entre fevereiro e março de 2013. Em destaque, trabalhos excelentes, como Esfinge, de Laerte, Insônia, de Caco Galhardo, Zacarias Daboina, de Joe Sacco, e Eduardo tem que salvar a humanidade, de Allan Sieber. Confira abaixo, já na ordem da minha preferência:

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Clique e leia aqui

Vamos ouvir: Abaporu, de Laura Lopes

Abaporu (2012) - Laura Lopes



Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Release disponível no site de Laura Lopes:

"

Cantora e compositora brasileira, Laura Lopes sempre teve o contato com as artes dentro de casa, fruto da musicalidade da mãe que além de se dedicar ao piano, fez questão de que todos seus 4 filhos fossem musicalizados e introduzidos ao universo da arte ainda quando crianças. A mãe, com razão, queria que seus filhos desenvolvessem a criatividade e a proximidade com a arte. Foi bem sucedida na sua intenção e, em especial, com a sua segunda filha que viraria cantora mais tarde. Laura começou a tocar violão quando adolescente e ali mesmo descobriu que seu maior prazer dentro da música era o canto.
Nascida em Belo Horizonte em 1985, Laura Lopes ainda tem na capital mineira o seu lar. A admiração não só pela cidade, sua história e cultura, mas principalmente pelas relações que estabeleceu com o espaço urbano e com as pessoas que ele ocupam são marcantes em seu caminho…

Vamos ouvir: Agora eu sou o silêncio, do TRATAK

Agora eu sou o silêncio (2012) - TRATAK

Agora eu sou o silêncio. by TRATAK

Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Release do CD, por Elson Barbosa, disponível no site do TRATAK:

" Segundo a Wikipedia, "tratak" é um termo em sânscrito, que significa lágrima. Difundido também como técnica de meditação, compreende em "fixar o olhar em algum objeto sem piscar, favorecendo a meditação".
Já na música, Tratak é um "projeto coletivo de um homem só". Idealizado em 2010 pelo músico catarinense Matheus Barsotti, Tratak é um projeto sem formação fixa. Baterista por formação, Matheus passou por bandas como Margot, Alfajor, Labirinto e Stella-Viva, até encontrar no violão e voz novos instrumentos de expressão. Das dezenas de ideias esparsas gravadas no celular, onze tomaram forma com o envolvimento do arranjador baiano Heitor Dantas (Dorothy) e do músico curitibano Fernando Rischbieter (Stella-Viva).
Com produção e arranjos do próprio trio Tratak, gravado por …

Pílulas: Talvez Não Tenha Criança no Céu, de Davi Boaventura

Davi Boaventura por Mirdad (foto de Fabíola Freire)

Algumas passagens de Davi Boaventura e seu alter-ego adolescente no livro de estreia "Talvez Não Tenha Criança no Céu":

“Uma foda como qualquer outra... ela com tantas e eu com tão poucas”.
“Para pessoas iguais a mim não adianta fugir, não adianta tentar caminhos diferentes, independente de ser jovem ou velho, homem ou mulher, sempre vamos estragar a empreitada no fim. É simples: ser medíocre é parte intrínseca do nosso organismo, é nosso único talento, somos zeros absolutos, servimos apenas para serviços coadjuvantes, autenticar contrato, atender telefone, vigiar galpão – gostemos ou não – é a mais pura verdade”.
“Estoquei novamente e queria de alguma forma atravessar seus ossos, não bastava simplesmente gozar e deixá-la feliz e relaxada, eu precisava estraçalhar seu corpo, humilhar, mesmo ela sendo mais mulher do que eu homem. Era uma necessidade profunda vê-la me olhar como se eu fosse seu dono, alguém que ela devesse te…

Vamos ouvir: A Eletrônica e Musical Figuração das Coisas, da Isadora

A Eletrônica e Musical Figuração das Coisas (2011) - Isadora


Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Release do CD, disponível no site da banda Isadora:

"

Em um tempo em que as fronteiras artísticas, diferenças de estilo, vertentes e tendências cada vez mais se confundem, misturam-se e se rearranjam, A eletrônica e musical figuração das coisas é o resultado de misturas improváveis. Versos do Alcorão entoados ao lado de um cello; sax sobre a marcação de tambores de candomblé; coro de crianças em uma canção que fala sobre morte ao som de um kazoo; um brega estilizado junto com um instrumental computadorizado e um dub para dançar devagar; português, espanhol, inglês; samples, texturas, ruídos urbanos não são todos esses elementos de diversos discos de diferentes culturas, mas de apenas um, o primeiro álbum da banda carioca Isadora.
O que pode parecer à primeira vista um amplo experimento, testes, projeto piloto, é na verdade o resultado de um trabalho de lapidação que mais lembr…

Melhores da revista piauí em 2007

Capas das revistas piauí 8, 5, 15, 10, 12, 13, 04, 07, 06, 14, 09 e 11 de 2007.

Os 63 melhores textos/HQs que foram publicados na revista piauí em 2007 você confere nos links abaixo, selecionados por mim, assinante (primeiro das bancas e depois na forma padrão) desde a piauí_5, num levantamento que fiz em 2013 e 2015.
A melhor piauí de 2007 foi a de número 8, de maio, com destaque para o dossiê tortura, com textos de Marian Blasberg & Anita Blasberg, Dorrit Harazim, Jane Mayer e Luiz Maklouf Carvalho, poemas de Wislawa Szymborska, lembranças de Tony Judt sobre o maio de 1968 e reflexões sobre Aracy de Almeida, entre outros.
Completando o top five, a #05 (fevereiro), com a melhor HQ publicada pela revista até hoje, Esfinge, de Laerte, o dossiê urbano, com texto de Mario Vargas Llosa, e o diário do ascensorista Nilton da Silva; a #15 (maio), com a reportagem sobre o palhaço Bozo e como o futebol se tornou um ramo privilegiado da indústria do entretenimento; a #10 (julho), com o arti…

1ª entrevista da Mirdad - Gestão em Cultura

Fui estudante da Facom/Ufba da turma 2001.2 e me formei em 2006.2, diplomado em Comunicação/Jornalismo em fevereiro de 2007, mesmo ano em que comecei a atuar profissionalmente como produtor cultural (até então tinha trabalhado como agente de shows e programador de shows em barzinhos). Vivi aquela experiência tão clichê; vários nãos, desprezo e etc., até ser endossado pelo produtor Uzêda (Plataforma de Lançamento), que me deu um trabalho, me qualificou no sistema de lei de incentivo, me incentivou pra inscrever o meu 1º projeto solo num edital nacional, até me lançar no mercado ao dizer: "O prêmio é seu, você deve fazer sozinho". Hoje em dia encontro colegas profissionais que lá atrás mal olharam pra minha cara, e hoje me dão (mais um clichê) "tapinhas nas minhas costas" e nem sabem que eu sei o quão hipócritas são.
Pois bem, quando chegou a minha vez, atendi no Facebook um estudante da Facom, de Produção Cultural, chamado Luciano Marins, que queria fazer uma entre…

Vamos ouvir: Lembra?, de Rafael Castro

Lembra? (2012) - Rafael Castro


Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Release de Nina Lemos, repórter especial da TPM, disponível no site de Rafael Castro:

"

“LEMBRA?” Lembro. Foi há um ano, No Studio SP. Rafael Castro fazia uma pequena participação em um show. Ao meu lado, o compositor Péricles Cavalcanti começou a ter um ataque: “Olha o Rafael, olha o Rafael, isso é rock and roll!”. Não sabia ainda o quanto rock and roll aquele cara com pose setentista podia ser. Mas é. Rafael Castro, o menino de 26 anos que lança seu oitavo (atenção, eu disse oitavo!) disco é um punk caipira.
Prova: esse é seu primeiro disco que você vai poder segurar na mão. Os outros foram lançados na Internet. Esse é o seu primeiro álbum, huum, físico. Rafael reúne em “Lembra” 14 canções de rock com letras de um cronista melancólico, que olha para o mundo e suas desgraças e ri com o canto da boca.
O cronista de Lençóis Paulista é um personagem contador de histórias. Ele vê, em seu passeio “A Menina Ca…