Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Os 10 posts mais acessados do blog em 2015

Abaixo, você confere os dez posts mais acessados neste blog em 2015. A apuração foi feita no dia 28 de dezembro.

1º Lugar: Seleta: Dub Burning Spear 17/04/2015 266 acessos Acesse aqui
2º) Seleta: Burning Spear 11/04/2015 227 acessos Acesse aqui
3º) Lançamento de O grito do mar na noite, o novo livro de Emmanuel Mirdad 17/06/2015 167 acessos Acesse aqui

4º) Mesas literárias na Pré-Flica 2015 10/09/2015 127 acessos Acesse aqui
5º) Livro O grito do mar na noite (2015), de Emmanuel Mirdad 01/07/2015 125 acessos Acesse aqui

6º) Lançamento de Olhos abertos no escuro, o novo livro de Emmanuel Mirdad 01/12/2015 124 acessos Acesse aqui
7º) Trinta e nove passagens de Emmanuel Mirdad no livro de contos O grito do mar na noite 04/11/2015 102 acessos Acesse aqui
8º) Seleta Mirdad do Embrulhador 2014 21/05/2015 101 acessos Acesse aqui
9º) Tiganá Santana pelo olhar de Vincent Moon 28/01/2015 100 acessos Acesse aqui
10º) O grito do mar na noite - Trechos dos contos 29/06/2015 99 acessos Acesse aqui

Leituras 2015

Os 63 livros lidos e relidos em 2015

Dentre os 63 livros lidos e relidos em 2015, selecionei passagens em 52 livros, com destaque para os contos de Anton Tchekhov, Dino Buzzati, Guy de Maupassant, Sérgio Sant'Anna e Clarice Lispector, e os romances de Gonçalo M. Tavares, Cristovão Tezza, Ondjaki e Dino Buzzati. Além disso, divulguei os lançamentos de escritores baianos como Lívia Natália, Mayrant Gallo, Carlos Barbosa, Tom Correia e Victor Mascarenhas, entre outros. Abaixo, você pode conferir, quais foram os livros lidos e relidos, além dos que tiveram passagens selecionadas. Boa leitura!




"(...) Por mais esplêndida que seja a aurora que ilumine a sua vida, apesar de tudo no final será encerrado num caixão e atirado numa fossa."

O beijo e outras histórias
A dama do cachorrinho e outros contos
Um homem extraordinário [e outras histórias]
A dama do cachorrinho [e outras histórias]
As três irmãs + O beijo e outras histórias

Anton Pavlovitch Tchekhov
Leia trechos aqui




"É parad…

Melhores da revista piauí em 2015

Capas das revistas piauí 101, 107, 100, 105, 102, 106,  108, 103, 104, 111, 109 e 110 de 2015.

Os 46 melhores textos/HQs que foram publicados na revista piauí em 2015 você confere nos links abaixo (acesso gratuito e para assinantes da revista), selecionados por mim, assinante (primeiro das bancas e depois na forma padrão) desde a piauí_5, num levantamento que fiz durante o ano.

A melhor piauí de 2015 foi a de número 101, de fevereiro, com destaque para o encontro de Reinaldo Moraes com Wolinski, o artigo do escritor holandês Ian Buruma sobre a sujeição das mulheres e a emancipação feminina no Japão e na Europa em ruínas, e as reportagens de Malu Delgado (sobre o trote na USP) e Consuelo Dieguez (investigando a ascensão da Friboi), entre outros.

Completando o top five, a #107 (agosto), com o melhor texto publicado na revista em 2015, do escritor Karl Ove Knausgård, sobre o assassino de aparência comum que matou a tiros 69 jovens na ilha de Utøya, em 2011, na Noruega; a #100 (janeiro), c…

Dez passagens de Cristovão Tezza no romance O professor

Cristovão Tezza (foto daqui)

"(...) eu já passei da fase das amizades, tudo agora é essência bruta (...)"


"(...) O Inspetor Maigret – ele imaginou alguém assim, um homem sutil, discreto, cachimbo à mão, capaz de compreender as finas camadas de realidade que, como chapas delicadas de gelo finíssimo, celuloides nervurados, repousam sob a aparência suja e descuidada das coisas, à espera de uma inteligência que as interprete – conversava com dona Diva diante da mesa da sala, enquanto um outro policial lhe estendia um copo d'água. (...)"


"(...) A idade talvez promova a conciliação universal – a velhice, esta tranquila proximidade da morte (e ele sorriu, misteriosamente vingativo, como se fosse ele a figura da foice, e não sua vítima), nos põe todos às portas da utopia. (...)"


"(...) Eu já disse que ela não era exatamente bela, assim, das transbordantes – era bonita de uma forma estrangeira, ou não conciliada, as linhas talvez retas demais; uma certa d…