Pular para o conteúdo principal

Música para Escrever #43 — Daturah, Unknown Connection Failure, MAGMA WAVES, jeffk, Glasgow Coma Scale, Tryptonaut, Celephaïs, Far Behind The Sun, Elizabeth the last e NiwoHate


O devaneio provocado pelo veneno de uma planta entorpecente soa a trombeta de anjos e demônios. Os navios irão afundar. Os braços, para trabalhar. As pernas, para correr... e quem vai cuidar de você agora? Uma história de Mitsuki, em Hida, no Japão de 1579, revela o abrigo inadequado no mais escuro: entrar no esquecimento. “Uma visão desmotivada de conexões [acompanhadas de] um sentimento específico de significado anormal”, definiria Klaus Conrad. Os nomes antigos de uma mônada: paraíso insular e reino sobrenatural de juventude eterna. A história de galáxias em colapso é registrada pela última Elizabeth no seu infinito diário. Confira o post #43 da série Música para Escrever, com os melhores sons de post-rock, a alumiar a mente e transcender em palavras.

Frankfurt | Alemanha
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Reverie"
(2008)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"Daturah" (EP)
(2005)
Ouça aqui

---------

Hamburgo | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Ships Will Sink" (EP)
(2015)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"Arms to Work Legs to Run" (EP)
(2010)
Ouça aqui

---------

Duisburgo & Essen | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"...and who will take care of you now"
(2017)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"Mitsuki, Hida, 1579" (EP)
(2013)
Ouça aqui

---------

Leipzig | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"inadequate shelter"
(2018)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"IN THE DARKEST" (EP)
(2012)
Ouça aqui

---------

Frankfurt | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Enter Oblivion"
(2016)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"Apophenia" (EP)
(2014)
Ouça aqui

---------

Münster | Alemanha
Bandcamp aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Old Names"
(2019)
Ouça aqui

---------

Augsburgo | Alemanha
Bandcamp aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Monad"
(2017)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"Tir n'a n'Og" (EP)
(2012)
Ouça aqui

---------

Kempten | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Story of Collapsing Galaxies"
(2017)
Ouça aqui

---------

Dortmund, Colônia & Hanôver | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Elizabeth the last"
(2018)
Ouça aqui

---------

Halle (Saale) | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Daily Infinity"
(2016)
Ouça aqui

---------

Confira o Música para Escrever #42, com øjeRum; Lowercase Noises; We All Die! What A Circus!; winterThieves.; A LAST PICTURE FROM VOYAGER; Spacecraft; Cold, Cold Heart; North Atlantic Drift; Follow The Compass e Alexander Kyd, neste post aqui


Confira o Música para Escrever #41, com fragments of an empire, E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante, madebygrey, Crawl Across the Sky, The Random Monsters, Emprier, Astetal, Random Forest, Macondø e Yenisei, neste post aqui


Confira o Música para Escrever #40, com Glasir, Ravena, joy wants eternity, STAGHORN, Coastlands, This earth is ours, GallantHorn, Where the Good Way Lies, gazelle(s) e Will You Dream About Electronic Sheep, neste post aqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seleta: Lisa Hannigan

Lisa Hannigan (foto daqui ) Conheci a cantora e compositora irlandesa Lisa Hannigan graças ao emocionante filme “ Maudie ” (2016), da diretora irlandesa Aisling Walsh (baseado na história da artista canadense Maud Lewis ). A música dos créditos finais é “ Little Bird ”, e a suavidade, timbre, afinação e interpretação tátil da bela voz de Lisa Hannigan me fisgou na hora! Contemplei três dos seus álbuns, “ At Swim ” (2016), “ Passenger ” (2011) e “ Sea Sew ” (2008), e fiz uma seleta com 20 canções que mais gostei. Confira o belo trabalho da irlandesa Lisa Hannigan ! Ouça no YouTube  aqui Ouça no Spotify aqui 1) Tender [At Swim, 2016] 2) Funeral Suit  [At Swim, 2016] 3) Home [Passenger, 2011] 4) Little Bird [Passenger, 2011] 5) Paper House [Passenger, 2011] 6) An Ocean and a Rock [Sea Sew, 2008] 7) Prayer for the Dying [At Swim, 2016] 8) Nowhere to Go [Passenger, 2011] 9) Anahorish [At Swim, 2016] 10) We, the Drowned [At Swim, 2016] 11) Splishy Splashy [Sea Sew, 2008] 12) T

Leituras 2020

Os 10 livros lidos em 2020 Li 10 livros em 2020 , com destaque para a poesia, e selecionei trechos das obras de Alex Simões , Lúcio Autran , Wesley Correia , Mariana Botelho , Nina Rizzi , Érica Azevedo , Ana Valéria Fink e Cyro de Mattos , e trechos dos romances de Franklin Carvalho e Victor Mascarenhas . Além dos livros, elaborei uma seleção de poemas de Zecalu [publicados nas redes sociais em 2019], outra seleta de trechos de crônicas de Santiago Fontoura [publicadas no Facebook], e uma seleção de poemas de Martha Galrão . Por fim, reli a autobiografia de Rita Lee e divulguei trechos também. Boa leitura! “Contrassonetos catados & via vândala” (Mondrongo, 2015) Alex Simões Leia trechos  aqui “soda cáustica soda” (Patuá, 2019) Lúcio Autran Leia trechos  aqui “laboratório de incertezas” (Malê, 2020) Wesley Correia Leia trechos  aqui “o silêncio tange o sino” (Ateliê Editorial, 2010) Mariana Botelho Leia trechos  aqui   “A ordem interior do mundo” (7Letras, 2020) Franklin Carv

Seleta: Edson Gomes

Os discos e as músicas do cantor e compositor Edson Gomes são os meus prediletos e as que eu mais gosto dentre tudo que é feito de reggae no Brasil. No meado dos anos 1990, eu só ouvia Bob Marley & The Wailers o tempo inteiro, e foi o ilustre mestre cachoeirano quem despertou o meu interesse para outros sons além do gigante jamaicano. Fiquei fã de Edson Gomes antes de conhecer Burning Spear , Peter Tosh , Alpha Blondy , Gregory Isaacs e muitos outros. Foram os clássicos dele, e são muitos, muita música boa, arranjos excelentes, o sonzaço da banda Cão de Raça (adoro a timbragem e improvisos do guitarrista Tony Oliveira ), que me apresentaram a magia do Recôncavo Baiano , de Cachoeira , muitos anos antes da Flica . Na Seleta de hoje, as 42 músicas que mais gosto, gravadas por Edson Gomes & Banda Cão de Raça , presentes em seis álbuns : “ Resgate Fatal ” (1995), “ Campo de Batalha ” (1992), “ Recôncavo ” (1990), “ Apocalipse ” (1997), “ Reggae Resistência ” (1988) e “ Acor