Pular para o conteúdo principal

At Home with Radiohead


Entre abril e julho desse ano, a banda inglesa Radiohead disponibilizou uma série de shows na íntegra no seu canal do YouTube. “At Home with Radiohead” fez (e continua fazendo) a alegria de muitos fãs isolados, por conta da pandemia do novo coronavírus, e oferece 13 vídeos com vários shows de épocas distintas (entre 1994 e 2018), além dos dois programas “From The Basement”. Consumi todos, gosto demais (Radiohead faz parte da minha tríade sagrada da música), e deixo abaixo uma seleta com os seis shows que mais curti. Som no tubo!

Não consegue visualizar o player? Veja aqui

Live in Belfort [July 1997]
Festival Eurockéennes de Belfort (França)
em 04/07/1997

Setlist:
Lucky | Bones | Airbag | My Iron Lung |
Exit Music (for a Film) | The Bends |
No Surprises | Talk Show Host |
Fake Plastic Trees | Paranoid Android |
Planet Telex | Climbing Up the Walls |
Street Spirit (Fade Out) | Creep | Just

---------

Não consegue visualizar o player? Veja aqui

Live at Bonnaroo [June 2006]
Bonnaroo Music & Arts Festival (Estados Unidos)
em 17/06/2006

Setlist:
There There | 2+2=5 | 15 Step | Weird Fishes/Arpeggi |
Exit Music (For a Film) | Kid A | Dollars & Cents |
Videotape | No Surprises | Paranoid Android |
The Gloaming | The National Anthem | Climbing Up The Walls |
Nude | Street Spirit (Fade Out) | The Bends | Myxomatosis |
How To Disappear Completely | You And Whose Army? |
Pyramid Song | Like Spinning Plates | Fake Plastic Trees |
Bodysnatchers | Lucky | Idioteque | Karma Police |
House of Cards | Everything In Its Right Place

---------

Não consegue visualizar o player? Veja aqui

Live in Saitama [October 2008]
Arena Saitama (Japão)
em 05/10/2008

Setlist:
15 Step | Just | There There | All I Need |
Weird Fishes/Arpeggi | The Gloaming | Optimistic |
Jigsaw Falling Into Place | Idioteque | Fake Plastic Trees |
Bodysnatchers | Videotape | Paranoid Android | Reckoner |
Everything In Its Right Place | My Iron Lung |
How To Disappear Completely

---------

Não consegue visualizar o player? Veja aqui

Live at the Astoria [May 1994]
Teatro Astoria (Inglaterra)
em 27/05/1994

Setlist:
You | Bones | Ripcord | Black Star | Creep |
The Bends | My Iron Lung | Prove Yourself |
Maquiladora | Vegetable | Fake Plastic Trees |
Just | Stop Whispering | Anyone Can Play Guitar |
Street Spirit (Fade Out) | Pop Is Dead | Blow Out

---------

Não consegue visualizar o player? Veja aqui

Live in São Paulo [April 2018]
Allianz Parque (Brasil)
em 22/04/2018

Setlist
Daydreaming | Ful Stop | 15 Step | Myxomatosis |
You and Whose Army? | All I Need | Pyramid Song |
Everything in Its Right Place | Let Down | Bloom |
The Numbers | My Iron Lung | The Gloaming |
No Surprises | Weird Fishes/Arpeggi | 2 + 2 = 5 |
Idioteque | Exit Music (for a Film) | Nude |
Identikit | There There | Lotus Flower |
Bodysnatchers | Present Tense |
Paranoid Android | Fake Plastic Trees

---------

Não consegue visualizar o player? Veja aqui

Live From A Tent In Dublin [October 2000]
Punchestown Racecourse (Irlanda)
em outubro de 2000

Setlist:
The National Anthem | How To Disappear Completely |
Morning Bell | Idioteque | Optimistic | In Limbo |
Paranoid Android | Motion Picture Soundtrack |
Everything In Its Right Place | Just

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seleta: Lisa Hannigan

Lisa Hannigan (foto daqui ) Conheci a cantora e compositora irlandesa Lisa Hannigan graças ao emocionante filme “ Maudie ” (2016), da diretora irlandesa Aisling Walsh (baseado na história da artista canadense Maud Lewis ). A música dos créditos finais é “ Little Bird ”, e a suavidade, timbre, afinação e interpretação tátil da bela voz de Lisa Hannigan me fisgou na hora! Contemplei três dos seus álbuns, “ At Swim ” (2016), “ Passenger ” (2011) e “ Sea Sew ” (2008), e fiz uma seleta com 20 canções que mais gostei. Confira o belo trabalho da irlandesa Lisa Hannigan ! Ouça no YouTube  aqui Ouça no Spotify aqui 1) Tender [At Swim, 2016] 2) Funeral Suit  [At Swim, 2016] 3) Home [Passenger, 2011] 4) Little Bird [Passenger, 2011] 5) Paper House [Passenger, 2011] 6) An Ocean and a Rock [Sea Sew, 2008] 7) Prayer for the Dying [At Swim, 2016] 8) Nowhere to Go [Passenger, 2011] 9) Anahorish [At Swim, 2016] 10) We, the Drowned [At Swim, 2016] 11) Splishy Splashy [Sea Sew, 2008] 12) T

Leituras 2020

Os 10 livros lidos em 2020 Li 10 livros em 2020 , com destaque para a poesia, e selecionei trechos das obras de Alex Simões , Lúcio Autran , Wesley Correia , Mariana Botelho , Nina Rizzi , Érica Azevedo , Ana Valéria Fink e Cyro de Mattos , e trechos dos romances de Franklin Carvalho e Victor Mascarenhas . Além dos livros, elaborei uma seleção de poemas de Zecalu [publicados nas redes sociais em 2019], outra seleta de trechos de crônicas de Santiago Fontoura [publicadas no Facebook], e uma seleção de poemas de Martha Galrão . Por fim, reli a autobiografia de Rita Lee e divulguei trechos também. Boa leitura! “Contrassonetos catados & via vândala” (Mondrongo, 2015) Alex Simões Leia trechos  aqui “soda cáustica soda” (Patuá, 2019) Lúcio Autran Leia trechos  aqui “laboratório de incertezas” (Malê, 2020) Wesley Correia Leia trechos  aqui “o silêncio tange o sino” (Ateliê Editorial, 2010) Mariana Botelho Leia trechos  aqui   “A ordem interior do mundo” (7Letras, 2020) Franklin Carv

Seleta: Flávio José

Flávio José (foto: divulgação ) O artista de forró que mais gosto é o cantor, sanfoneiro e compositor Flávio José . Para mim, ele é a Voz do Nordeste . Um timbre único, raro, fantástico. Ouvir o canto desse Assum Preto-Rei é sentir o cheiro da caatinga, arrastar os pés no chão de barro ao pé da serra, embalar o coração juntinho com a parceira que amo, deslizar os passos como se no paraíso estivesse, saborear a mistura de amendoim com bolo de milho, purificar o sorriso como Dominguinhos ensinou, banhar-se com as rezas das senhoras sábias, prestar atenção aos causos, lendas e histórias do povo que construiu e orgulha o Brasil . Celebrar a pátria nordestina é escutar o mestre Flávio José ! Natural da sertaneja Monteiro , na Paraíba , em 2021 vai completar 70 anos (no primeiro dia de setembro), com mais de 30 discos lançados e vários sucessos emplacados na memória afetiva do povo brasileiro (fez a alegria e o estouro da carreira de muitos compositores, que tiveram a sorte de serem grav