Pular para o conteúdo principal

Música para Escrever #18 — 1099, Crows in the Rain, Collapse Under The Empire, Rocket Miner e Il Giardino degli Specchi


Os jovens pinheiros de 1099 iludem o passageiro cego em qualquer dia, agora. Máquina! Fogo! Fantasma! As cinzas do passado, a menina e a floração perdida, e você está morrendo nos meus braços, os últimos suspiros congelados. Ombros e gigantes, sacrifício e isolamento, eles são os caídos, a elegia do longo adeus no exterior. Confira o post #18 da série Música para Escrever, com os melhores sons de post-rock, a alumiar a mente e transcender em palavras.

Trondheim | Noruega
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Young Pines"
(2015)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"1099"
(2013)
Ouça aqui

"Blindpassasjer"
(2018)
Ouça aqui

"Any Day Now" (EP)
(2009)
Ouça aqui

"Machine! Fire! Ghost!" (EP)
(2008)
Ouça aqui

-----------

Teerã | Irã
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Ashes of the Past"
(2018)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo


"You are Dying in my Arms (the frozen last gasps)"
(2016)
Ouça aqui

"Little Girl and Lost Blossom"
(2017)
Ouça aqui

-----------

Hamburgo | Alemanha
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Shoulders & Giants"
(2011)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"Sacrifice & Isolation"
(2014)
Ouça aqui

"The Fallen Ones"
(2017)
Ouça aqui

-----------

Chicago | Estados Unidos
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Elegy"
(2014)
Ouça aqui

Para continuar escrevendo

"The Long Goodbye"
(2018)
Ouça aqui

-----------

Roma | Itália
Bandcamp aqui
Facebook aqui
Foto daqui

Melhor disco para escrever

"Oltremare"
(2018)
Ouça aqui

-----------


Playlist Música para Escrever #18

Os melhores temas da edição #18 da série “Música para Escrever”, com a norueguesa 1099, a iraniana Crows in the Rain, a alemã Collapse Under The Empire, a norte-americana Rocket Miner e a italiana Il Giardino degli Specchi. Os melhores sons de post-rock para inspirar a imaginação e criar o clima propício de introspecção.

Ouça no Spotify aqui


Ouça no YouTube aqui [faltam músicas da 1099]

01) Memfis [1099]

02) Sasha Grey [Il Giardino degli Specchi]

03) The Sky is the Limit [Collapse Under The Empire]

04) Palatine Light [1099]

05) Shortly Thereafter [Rocket Miner]

06) Requiem for a Dreamer [Crows in the Rain]

07) Cosmic Dawn [Crows in the Rain]

08) Hjorten [1099]

09) Lost [Collapse Under The Empire]

10) Catalyst [Rocket Miner]

11) The Last Reminder [Collapse Under The Empire]

12) Chapter V – I’ll See You In Elysium [Crows in the Rain]

13) The Grand Design [1099]

14) Massif [Collapse Under The Empire]

15) Oltremare [Il Giardino degli Specchi]

16) Bemoan [Rocket Miner]

17) Lights in Front of a Dead Sea [Crows in the Rain]

18) Osiris [1099]

19) There is no Such Constellation [1099]

20) I Will Build the Future on the Ashes of Past Memories [Crows in the Rain]

21) Chapter VI – The Tale of Creation within Her Being [Crows in the Rain]

22) Captures (This Day) [Rocket Miner]

23) Shoulders [Collapse Under The Empire]

24) Blissful [Collapse Under The Empire]

25) I Will Stare at The Cold of Your Eyes [Il Giardino degli Specchi]

26) Wake [1099]

27) Til Jorden [1099]

28) Fatherland [Crows in the Rain]

29) Krystallfabrikken [1099]

30) Little Girl and Lost Blossom [Crows in the Rain]

31) My Friend Coma [Rocket Miner]

32) Dark Water [Collapse Under The Empire]

33) Memories are All We have Left [Rocket Miner]

34) Sacrifice [Collapse Under The Empire]

35) After the Thaw [Collapse Under The Empire]

36) Mama Cries [Crows in the Rain]

37) Blindpassasjer [1099]

38) Vintersøvn [1099]

39) Second Death [Crows in the Rain]

40) The California Energy [1099]

41) The Forbidden Spark [Collapse Under The Empire]

42) Leonardo [Il Giardino degli Specchi]

43) Up! Up! Up! [1099]

44) Ember [Rocket Miner]

45) Watcher [Crows in the Rain]

46) Det Britiske Imperiet [1099]

47) Isolation [Collapse Under The Empire]

48) IK+ [1099]

49) Giants [Collapse Under The Empire]

50) 12/26 [Crows in the Rain]

51) Chapter VII – The End [Crows in the Rain]

52) Beauty of The Night [1099]

53) Old Ghosts [Rocket Miner]

54) Untitled [1099]

55) Light in the Distance [Collapse Under The Empire]

56) The Holy Mountain [Collapse Under The Empire]

57) Il sogno di Eleanor [Il Giardino degli Specchi]

58) While The City Sleeps [1099]

59) Flowers from Exile [Collapse Under The Empire]

60) For a World that Sounds Like It’s Meaning [Crows in the Rain]

-----------

Música para Escrever #17
Ouça aqui
The Evpatoria Report, Trna, Caspian,
Way Station e sleepmakeswaves

Música para Escrever #16
Ouça aqui
Stars of the Lid, Esmerine, The Sun Burns Bright,
All You've Seen e Pandelic

Música para Escrever #15
Ouça aqui
Tortoise, Locomotora, VAR,
Shipwrecks e Those Who Dream By Day

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seleta: Lisa Hannigan

Lisa Hannigan (foto daqui ) Conheci a cantora e compositora irlandesa Lisa Hannigan graças ao emocionante filme “ Maudie ” (2016), da diretora irlandesa Aisling Walsh (baseado na história da artista canadense Maud Lewis ). A música dos créditos finais é “ Little Bird ”, e a suavidade, timbre, afinação e interpretação tátil da bela voz de Lisa Hannigan me fisgou na hora! Contemplei três dos seus álbuns, “ At Swim ” (2016), “ Passenger ” (2011) e “ Sea Sew ” (2008), e fiz uma seleta com 20 canções que mais gostei. Confira o belo trabalho da irlandesa Lisa Hannigan ! Ouça no YouTube  aqui Ouça no Spotify aqui 1) Tender [At Swim, 2016] 2) Funeral Suit  [At Swim, 2016] 3) Home [Passenger, 2011] 4) Little Bird [Passenger, 2011] 5) Paper House [Passenger, 2011] 6) An Ocean and a Rock [Sea Sew, 2008] 7) Prayer for the Dying [At Swim, 2016] 8) Nowhere to Go [Passenger, 2011] 9) Anahorish [At Swim, 2016] 10) We, the Drowned [At Swim, 2016] 11) Splishy Splashy [Sea Sew, 2008] 12) T

Leituras 2020

Os 10 livros lidos em 2020 Li 10 livros em 2020 , com destaque para a poesia, e selecionei trechos das obras de Alex Simões , Lúcio Autran , Wesley Correia , Mariana Botelho , Nina Rizzi , Érica Azevedo , Ana Valéria Fink e Cyro de Mattos , e trechos dos romances de Franklin Carvalho e Victor Mascarenhas . Além dos livros, elaborei uma seleção de poemas de Zecalu [publicados nas redes sociais em 2019], outra seleta de trechos de crônicas de Santiago Fontoura [publicadas no Facebook], e uma seleção de poemas de Martha Galrão . Por fim, reli a autobiografia de Rita Lee e divulguei trechos também. Boa leitura! “Contrassonetos catados & via vândala” (Mondrongo, 2015) Alex Simões Leia trechos  aqui “soda cáustica soda” (Patuá, 2019) Lúcio Autran Leia trechos  aqui “laboratório de incertezas” (Malê, 2020) Wesley Correia Leia trechos  aqui “o silêncio tange o sino” (Ateliê Editorial, 2010) Mariana Botelho Leia trechos  aqui   “A ordem interior do mundo” (7Letras, 2020) Franklin Carv

Seleta: Flávio José

Flávio José (foto: divulgação ) O artista de forró que mais gosto é o cantor, sanfoneiro e compositor Flávio José . Para mim, ele é a Voz do Nordeste . Um timbre único, raro, fantástico. Ouvir o canto desse Assum Preto-Rei é sentir o cheiro da caatinga, arrastar os pés no chão de barro ao pé da serra, embalar o coração juntinho com a parceira que amo, deslizar os passos como se no paraíso estivesse, saborear a mistura de amendoim com bolo de milho, purificar o sorriso como Dominguinhos ensinou, banhar-se com as rezas das senhoras sábias, prestar atenção aos causos, lendas e histórias do povo que construiu e orgulha o Brasil . Celebrar a pátria nordestina é escutar o mestre Flávio José ! Natural da sertaneja Monteiro , na Paraíba , em 2021 vai completar 70 anos (no primeiro dia de setembro), com mais de 30 discos lançados e vários sucessos emplacados na memória afetiva do povo brasileiro (fez a alegria e o estouro da carreira de muitos compositores, que tiveram a sorte de serem grav