sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Um recado da entidade Mensawaggo



"A justiça é uma ficção.
A recompensa, também.

O livre-arbítrio é uma ficção.
O carma, também.

A dor é uma ficção.
O sofrimento, também.

O tempo é uma ficção.
O espaço, também."


Da entidade Mensawaggo, a transportadora, personagem do meu romance Miwa – A nascente e a foz, 250 dias de produção completados hoje – e o trabalho continua.


Mensawaggo, de pele negra e olhos brancos, sem pupilas, veste-se de poeira cósmica multicolorida, ornada de constelações, e pilota um crossover. A sua voz tem o som da brisa do oceano. E vive no interior da Table Mountain, na Cidade do Cabo, África do Sul.


Foto: Encontrada na internet, link aqui, modificada por mim, numa junção com a foto da NASA para a Supernova Remnant W49B, e o desenho da constelação de Mensa, do hemisfério celestial sul, catalogada pelo astrônomo francês Nicolas Louis de Lacaille, do alto da Table Mountain.


Table Mountain - Foto daqui


250 dias de trabalho no romance, completados hoje, 07 de outubro. E continua.

Um comentário:

Martha Anisia disse...

Lindo, meu filho,
É isso aí!!!
Você disse tudo, em poucas palavras, o que eu tenho lido de diversos mestres.
Isso aí é praticamente a mensagem do livro "Um curso em milagres".
Que Deus o abençõe sempre.
Martha