sexta-feira, 19 de julho de 2013

Vamos ouvir: Unhas de Novembro, de Heitor Dantas

Unhas de Novembro (2013) - Heitor Dantas




Não consegue visualizar o player? Ouça aqui

Experimente no bandcamp:

"
Novembro. Membro sem unha.
Contrapunha, mesmo sem punho, lúnula convexo.
Complexo.
Membrana, lâmina ungueal, sobrepunha á sobra, punha-se completo.
Compunha de queratina: aspargito, ácido glutâmico e aspártico. Explêndido!
Enquanto novembro expunha o trânsito. Testemunha em transe. Transpunha a réplica.
Paroníquia ímpar, impunha à aspargina, unha sem membro. Depunha sem medo, depois de Novembro.
Depois do eponíquio: polegar oposto, opunha ao médio. Médico sóbrio, sobra da alcunha, contrapunha ao mínimo à sombra da República.
Dia indicador, pressupunha opôr, onicofagia e pressa ao comparsa jus. Justapunha impressa, expunha o supérfluo.
Membro. Novembro sem unha. Novo computar.
Unhas de Novembro? Espinho Anelar.
"

Nenhum comentário: