Pular para o conteúdo principal

Produções de Emmanuel Mirdad: Ano 2018


Em 2018, a Cali e a parceira Icontent realizaram a 8ª edição da Flica pela primeira vez com patrocínio viabilizado pela Lei Rouanet e Ministério da Cultura, via edital nacional do BNDES. O Governo do Estado da Bahia continuou como patrocinador mais importante, com diversas secretarias reunidas na programação do espaço Educar para Transformar, e o governador Rui Costa esteve presente no lançamento da Flica 2018 em Salvador (uma coletiva com coquetel, e a presença da autora homenageada, Conceição Evaristo, e diversas autoridades).

A Flica 2018 ultrapassou todos os recordes de público, revelando que os espaços estão pequenos para a demanda, e é preciso que a ampliação aconteça. A curadoria das Mesas Literárias foi de Tom Correia, mais uma vez, e o grande destaque foi o português Valter Hugo Mãe, que rendeu, pela primeira vez, uma matéria no Jornal Nacional (com exposição de marca dos patrocinadores) e um ao vivo no Jornal Hoje, que reverberaram na Globo News.

A Cali e a parceira Icontent realizaram também a 2ª edição da FliCaixa, que sofreu uma retração: duas rodadas apenas, nas sedes das Caixas Culturais de Salvador e Fortaleza (curadoria das Mesas Literárias foi do sócio Aurélio Schommer).

2018 foi o ano que eu mais trabalhei na minha literatura (considerava a minha carreira artística prioritária): lancei mais dois livros virtuais, os contos reunidos (revisados e reescritos) e a primeira obra em outra língua, traduzida pela inglesa H. Sabrina Gledhill (aqui e aqui), e trabalhei 93 dias na conclusão do meu primeiro romance (que só seria finalizado em 2019). Ironicamente, foi o ano que eu menos li.



Flica 2018

A Flica é a 1ª festa literária da Bahia, que acontece sempre em outubro, promovendo o encontro de autores internacionais, nacionais e locais com o seu público, em mesas de debate temáticas e sessões de autógrafos na livraria oficial, além da programação infantil da Fliquinha, shows musicais e atividades culturais diversas.

Ministério da Cultura e Governo do Estado da Bahia apresentaram a 8ª edição da Flica, de 11 a 14 de outubro, na cidade histórica de Cachoeira, Recôncavo Baiano, com realização da Cali, Icontent / Rede Bahia, Ministério da Cultura e Governo Federal. Novo recorde de público, com todas as programações lotadas, filas de quatro horas no sábado, vendas de livros, ruas e praças cheias, a Flica 2018 homenageou a aclamada escritora mineira Conceição Evaristo.

O escritor e jornalista Tom Correia foi o curador das Mesas Literárias, e a programação teve grandes atrações como Valter Hugo Mãe, Patricia Hill Collins, Djamila Ribeiro, Eliane Brum, Silviano Santiago, Zack Magiezi e Ricardo Aleixo. Na Fliquinha, a presença de um autor internacional pela primeira vez: o argentino Gusti. Nas Intervenções Artísticas, pela primeira vez, a programação foi toda com artistas de Cachoeira. No espaço Educar para Transformar, pela primeira vez na Fundação Hansen Bahia, com as programações das secretarias do Governo, casa cheia todos os dias, com destaque para a mesa com Tia Má e a com Conceição Evaristo.

Pela primeira vez, conseguimos produzir a festa via Lei Rouanet e Ministério da Cultura, com patrocínio estreante do BNDES (fomos contemplados no edital nacional). Coincidentemente, foi o primeiro ano da Flica que não conseguimos patrocinador via Fazcultura (o Hiperideal desistiu de apoiar após o lançamento da festa). Outra estreia da Flica em 2018 foi em rede nacional: matéria de mais de 3 minutos com exposição de marca dos patrocinadores por duas vezes no Jornal Nacional e um ao vivo no Jornal Hoje no sábado 13/10.








Patrocinadores – Bahiatursa | Secretaria do Turismo | Governo do Estado da Bahia (Patrocínio Apresenta) | BNDES | Ministério da Cultura | Governo Federal

Apoiadores – Prefeitura Municipal de Cachoeira | Caixa

Funções – Coordenador Geral e de Conteúdo | Criação do projeto | Sócio da marca

Info – Vídeo oficial – veja aqui | Pós-venda aqui | Matéria no Jornal Nacional (TV Globo) – veja aqui | Ao vivo no Jornal Hoje (TV Globo) – veja aqui | Matérias e Ao Vivo no Bahia Meio-Dia (TV Bahia) – veja aqui, aqui e aqui | Ao Vivo e Matéria no BATV (TV Bahia) – veja aqui e aqui | Matéria no Jornal da Manhã (TV Bahia) – veja aqui | Programa Conexão Bahia (TV Bahia) – veja aqui | Ao Vivo no Bom Dia Sábado (TV Bahia) – veja aqui

PS: As fotos oficiais acima são de Ricardo Prado e Diogo Andrade

-----


Lançamento da Flica 2018

O lançamento da 8ª edição da Flica foi uma coletiva de imprensa com coquetel, no dia 06 de junho, no Palácio Rio Branco, em Salvador, Bahia, com realização da Cali e Icontent / Rede Bahia.

O Governador da Bahia, Rui Costa, esteve presente e falou sobre a importância de se investir em cultura. Além dele, também se pronunciaram à imprensa e convidados a autora homenageada da Flica 2018, Conceição Evaristo, a Secretária de Cultura, Arany Santana, o prefeito de Cachoeira, Tato Pereira, e eu, Coordenador Geral da Flica e sócio da Cali.

O presidente da Rede Bahia, ACM Júnior, deu as boas-vindas, e o curador das Mesas Literárias, Tom Correia, e a curadora da Fliquinha, Mira Silva, apresentaram algumas das atrações confirmadas. Entre os convidados, a presença do senador Jaques Wagner, Secretários de Estado, deputados, autoridades e jornalistas.



Patrocinadores – Cali | Icontent / Rede Bahia

Funções – Coordenador Geral e de Conteúdo | Sócio da marca

Info – Matéria no Jornal da Manhã (TV Bahia) – veja aqui | Matéria da Secom – veja aqui

PS1: Patrocinador da Flica 2018 na época do lançamento – Governo do Estado da Bahia (Patrocínio Apresenta)

PS2: Apoiadores da Flica 2018 na época do lançamento – Hiperideal (que depois retirou o apoio) | Fazcultura | Prefeitura Municipal de Cachoeira

PS3: As fotos oficiais acima são de Fernando Dias

-----


FliCaixa — 2ª edição

Com patrocínio da Caixa e do Governo Federal, e realização das produtoras Cali e Icontent / Rede Bahia, a 2ª edição da FliCaixa, Festa Literária da Caixa, teve duas etapas: Caixa Cultural Salvador, nos dias 18, 19, 26 e 27 de maio; Caixa Cultural Fortaleza, de 04 a 07 de outubro.

A curadoria das Mesas Literárias foi do sócio Aurélio Schommer, com destaque para Djamila Ribeiro (indicação minha), Paula Pimenta, Antônio Torres e Cristovão Tezza, e a da FliCaixinha foi de Lilia Gramacho e Mira Silva.





Patrocinadores – Caixa | Governo Federal

Funções – Coordenador Geral | Sócio da marca

Info – Vídeo oficial (Salvador) – veja aqui

PS: As fotos oficiais acima são de Paolo Paes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seleta: Lisa Hannigan

Lisa Hannigan (foto daqui ) Conheci a cantora e compositora irlandesa Lisa Hannigan graças ao emocionante filme “ Maudie ” (2016), da diretora irlandesa Aisling Walsh (baseado na história da artista canadense Maud Lewis ). A música dos créditos finais é “ Little Bird ”, e a suavidade, timbre, afinação e interpretação tátil da bela voz de Lisa Hannigan me fisgou na hora! Contemplei três dos seus álbuns, “ At Swim ” (2016), “ Passenger ” (2011) e “ Sea Sew ” (2008), e fiz uma seleta com 20 canções que mais gostei. Confira o belo trabalho da irlandesa Lisa Hannigan ! Ouça no YouTube  aqui Ouça no Spotify aqui 1) Tender [At Swim, 2016] 2) Funeral Suit  [At Swim, 2016] 3) Home [Passenger, 2011] 4) Little Bird [Passenger, 2011] 5) Paper House [Passenger, 2011] 6) An Ocean and a Rock [Sea Sew, 2008] 7) Prayer for the Dying [At Swim, 2016] 8) Nowhere to Go [Passenger, 2011] 9) Anahorish [At Swim, 2016] 10) We, the Drowned [At Swim, 2016] 11) Splishy Splashy [Sea Sew, 2008] 12) T

Leituras 2020

Os 10 livros lidos em 2020 Li 10 livros em 2020 , com destaque para a poesia, e selecionei trechos das obras de Alex Simões , Lúcio Autran , Wesley Correia , Mariana Botelho , Nina Rizzi , Érica Azevedo , Ana Valéria Fink e Cyro de Mattos , e trechos dos romances de Franklin Carvalho e Victor Mascarenhas . Além dos livros, elaborei uma seleção de poemas de Zecalu [publicados nas redes sociais em 2019], outra seleta de trechos de crônicas de Santiago Fontoura [publicadas no Facebook], e uma seleção de poemas de Martha Galrão . Por fim, reli a autobiografia de Rita Lee e divulguei trechos também. Boa leitura! “Contrassonetos catados & via vândala” (Mondrongo, 2015) Alex Simões Leia trechos  aqui “soda cáustica soda” (Patuá, 2019) Lúcio Autran Leia trechos  aqui “laboratório de incertezas” (Malê, 2020) Wesley Correia Leia trechos  aqui “o silêncio tange o sino” (Ateliê Editorial, 2010) Mariana Botelho Leia trechos  aqui   “A ordem interior do mundo” (7Letras, 2020) Franklin Carv

Seleta: Edson Gomes

Os discos e as músicas do cantor e compositor Edson Gomes são os meus prediletos e as que eu mais gosto dentre tudo que é feito de reggae no Brasil. No meado dos anos 1990, eu só ouvia Bob Marley & The Wailers o tempo inteiro, e foi o ilustre mestre cachoeirano quem despertou o meu interesse para outros sons além do gigante jamaicano. Fiquei fã de Edson Gomes antes de conhecer Burning Spear , Peter Tosh , Alpha Blondy , Gregory Isaacs e muitos outros. Foram os clássicos dele, e são muitos, muita música boa, arranjos excelentes, o sonzaço da banda Cão de Raça (adoro a timbragem e improvisos do guitarrista Tony Oliveira ), que me apresentaram a magia do Recôncavo Baiano , de Cachoeira , muitos anos antes da Flica . Na Seleta de hoje, as 42 músicas que mais gosto, gravadas por Edson Gomes & Banda Cão de Raça , presentes em seis álbuns : “ Resgate Fatal ” (1995), “ Campo de Batalha ” (1992), “ Recôncavo ” (1990), “ Apocalipse ” (1997), “ Reggae Resistência ” (1988) e “ Acor