Pular para o conteúdo principal

Seleta: Chico Buarque

Chico Buarque (foto: Daryan Dornelles)

Eu adoro a voz de Chico Buarque. No seu timbre estranho, a dose de angústia e malandragem que as suas composições exigem, o agridoce que faz os meus ouvidos se interessarem a contemplar as muitas belezas que as suas canções materializam. Seja na fossa ou no samba, no protesto ou na dor de cotovelo, na crônica ou no xaveco, a obra de Chico Buarque forma um dos alicerces mais civilizatórios que impedem que o prefeito, o bispo e o banqueiro apedrejem por completo o nosso Brasil bonito.

Na Seleta de hoje, as 116 músicas que mais gosto, gravadas por Chico Buarque, presentes em 36 álbuns da sua discografia (os preferidos: o de 1978, o vol. 3, “Almanaque”, “Construção”, “Vida”, “Paratodos” e “Chico ao Vivo”). Maravilha pura!


Ouça no YouTube aqui

Ouça no Spotify aqui

01) Construção [Construção, 1971]

02) Geni e o Zepelim [Ópera do Malandro, 1979]

03) Cálice [Chico Buarque, 1978]

04) Sinhá [Chico, 2011]

05) Angélica [Almanaque, 1981]

06) Paratodos [Paratodos, 1993]

07) Fantasia [Vida, 1980]

08) As Vitrines [Almanaque, 1981]

09) Sem Fantasia [Chico Buarque & Maria Bethânia Ao Vivo, 1975]

10) Pedaço de Mim [Chico Buarque, 1978]

Chico Buarque nos anos 1960 (foto daqui)

11) Tatuagem [Calabar, 1973]

12) Carolina [Chico Buarque de Hollanda Vol. 3, 1968]

13) Roda Viva [Chico Buarque de Hollanda Vol. 3, 1968]

14) Quem Te Viu, Quem Te Vê [Chico Buarque de Hollanda Vol. 2, 1967]

15) Nicanor [Chico Buarque de Hollanda Vol. 4, 1970]

16) Futuros Amantes [Paratodos, 1993]

17) Eu te Amo [Vida, 1980]

18) Todo o Sentimento [Francisco, 1987]

19) Trocando em Miúdos [Chico Buarque, 1978]

20) Tanto Amar [Almanaque, 1981]

Chico Buarque nos anos 1970 (foto daqui)

21) Cotidiano [Construção, 1971]

22) O Que Será? (À Flor da Terra) [Meus Caros Amigos, 1976]

23) O Meu Amor [Chico ao Vivo, 1999]

24) Teresinha [Chico ao Vivo, 1999]

25) Valsinha [Construção, 1971]

26) Olhos nos Olhos [Meus Caros Amigos, 1976]

27) O Cio da Terra [Milton & Chico, 1977]

28) Assentamento [As Cidades, 1998]

29) Vida [Vida, 1980]

30) Quando o Carnaval Chegar [Quando o Carnaval Chegar, 1972]

Chico Buarque e Bob Marley num baba
no Rio em 1980 (foto daqui)

31) Morro Dois Irmãos [Chico Buarque, 1989]

32) Atrás da Porta [Caetano e Chico Juntos e Ao Vivo, 1972]

33) João e Maria [Chico Buarque Ao Vivo Paris – Le Zenith, 1990]

34) Palavra de Mulher [Carioca – Ao Vivo, 2007]

35) Estação Derradeira [Francisco, 1987]

36) Chão de Esmeraldas [Chico Buarque de Mangueira, 1997]

37) Amor Barato [Almanaque, 1981]

38) Retrato em Branco e Preto [Chico Buarque de Hollanda Vol. 3, 1968]

39) Olê, Olá [Chico Buarque de Hollanda, 1966]

40) A Rita [Chico Buarque de Hollanda, 1966]

Chico Buarque e Maria Bethânia

41) Ela Desatinou [Chico Buarque de Hollanda Vol. 3, 1968]

42) Pedro Pedreiro [Chico Buarque de Hollanda, 1966]

43) Morena dos Olhos d'Água [Chico Buarque de Hollanda Vol. 2, 1967]

44) Você, Você [As Cidades, 1998]

45) Tua Cantiga [Caravanas – Ao Vivo, 2018]

46) Meu Caro Amigo [Meus Caros Amigos, 1976]

47) Homenagem ao Malandro [Chico Buarque, 1978]

48) Deus lhe Pague [Construção, 1971]

49) Apesar de Você [Chico Buarque, 1978]

50) Primeiro de Maio [Milton & Chico, 1977]

Chico, Caetano e Milton

51) Rosa dos Ventos [Chico Buarque de Hollanda Vol. 4, 1970]

52) Tira as Mãos de Mim [Calabar, 1973]

53) Valsa Brasileira [Uma Palavra, 1995]

54) A Volta do Malandro [Malandro, 1985]

55) O Meu Guri [Almanaque, 1981]

56) Vai Passar [Chico Buarque, 1984]

57) Pelas Tabelas [Chico Buarque, 1984]

58) Hino de Duran [Ópera do Malandro, 1979]

59) Até o Fim [Chico Buarque, 1978]

60) Joana Francesa [Uma Palavra, 1995]


61) Cecília [As Cidades, 1998]

62) Dueto [Caravanas, 2017]

63) Ela é Dançarina [Uma Palavra, 1995]

64) Mambembe [Quando o Carnaval Chegar, 1972]

65) Acorda Amor [Sinal Fechado, 1974]

66) Corrente [Meus Caros Amigos, 1976]

67) O Velho [Chico Buarque de Hollanda Vol. 3, 1968]

68) Ciao Ciao Addio [Chico Buarque na Itália, 1969]

69) Una Mia Canzione [Chico Buarque na Itália, 1969]

70) Far Niente [Chico Buarque na Itália, 1969]

Foto: Daryan Dornelles

71) Januária [Chico Buarque de Hollanda Vol. 3, 1968]

72) Porque Era Ela, Porque Era Eu [Carioca, 2006]

73) Sem Você nº 2 [Chico, 2011]

74) Sobre Todas as Coisas [Paratodos, 1993]

75) Gota d'Água [Chico Buarque & Maria Bethânia Ao Vivo, 1975]

76) Outra Noite [Paratodos, 1993]

77) Com Açúcar, Com Afeto [Chico Buarque & Maria Bethânia Ao Vivo, 1975]

78) Samba e Amore [Per Un Pugno di Samba, 1970]

79) Il Nome di Maria [Per Un Pugno di Samba, 1970]

80) Samba de Orly [Construção, 1971]

Foto: Leo Aversa

81) Carioca [As Cidades, 1998]

82) Cara Cara [Chico Buarque na Itália, 1969]

83) A Banda [Chico Buarque de Hollanda, 1966]

84) Gente Humilde [Chico Buarque de Hollanda Vol. 4, 1970]

85) As minhas meninas [Francisco, 1987]

86) Imagina [Carioca – Ao Vivo, 2007]

87) A Noiva da Cidade [Chico ao Vivo, 1999]

88) Sabiá [Caravanas – Ao Vivo, 2018]

89) A Ostra e o Vento [Chico ao Vivo, 1999]

90) Mar y Luna [Chico Buarque en Español, 1982]


91) Bye Bye, Brasil [Vida, 1980]

92) Ana de Amsterdam [Caetano e Chico Juntos e Ao Vivo, 1972]

93) Ela Faz Cinema [Carioca, 2006]

94) Nina [Chico, 2011]

95) Desalento [Na Carreira – Ao Vivo, 2012]

96) As Atrizes [Carioca, 2006]

97) Acalanto [Chico Buarque en Español, 1982]

98) In Te [Per Un Pugno di Samba, 1970]

99) Queste e Quelle [Per Un Pugno di Samba, 1970]

100) Anos Dourados [Na Carreira – Ao Vivo, 2012]


101) De Volta ao Samba [Na Carreira – Ao Vivo, 2012]

102) Essa Pequena [Chico, 2011]

103) A Moça do Sonho [Caravanas, 2017]

104) As Cartas [Chico Buarque, 1984]

105) Injuriado [Na Carreira – Ao Vivo, 2012]

106) Tanta Saudade [Chico Buarque, 1989]

107) Aquela Mulher [As Cidades, 1998]

108) Suburbano Coração [Chico Buarque, 1984]

109) Massarandupió [Caravanas, 2017]

110) Qualquer Canção [Vida, 1980]

Os 36 álbuns presentes nesta Seleta

111) Bolero Blues [Carioca – Ao Vivo, 2007]

112) Tipo um Baião [Na Carreira – Ao Vivo, 2012]

113) Choro Bandido [Paratodos, 1993]

114) Rebichada [Os Saltimbancos Trapalhões, 1981]

115) Ode aos Ratos [Carioca, 2006]

116) Noite dos Mascarados [Chico Buarque de Hollanda Vol. 2, 1967]

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seleta: Lisa Hannigan

Lisa Hannigan (foto daqui ) Conheci a cantora e compositora irlandesa Lisa Hannigan graças ao emocionante filme “ Maudie ” (2016), da diretora irlandesa Aisling Walsh (baseado na história da artista canadense Maud Lewis ). A música dos créditos finais é “ Little Bird ”, e a suavidade, timbre, afinação e interpretação tátil da bela voz de Lisa Hannigan me fisgou na hora! Contemplei três dos seus álbuns, “ At Swim ” (2016), “ Passenger ” (2011) e “ Sea Sew ” (2008), e fiz uma seleta com 20 canções que mais gostei. Confira o belo trabalho da irlandesa Lisa Hannigan ! Ouça no YouTube  aqui Ouça no Spotify aqui 1) Tender [At Swim, 2016] 2) Funeral Suit  [At Swim, 2016] 3) Home [Passenger, 2011] 4) Little Bird [Passenger, 2011] 5) Paper House [Passenger, 2011] 6) An Ocean and a Rock [Sea Sew, 2008] 7) Prayer for the Dying [At Swim, 2016] 8) Nowhere to Go [Passenger, 2011] 9) Anahorish [At Swim, 2016] 10) We, the Drowned [At Swim, 2016] 11) Splishy Splashy [Sea Sew, 2008] 12) T

Leituras 2020

Os 10 livros lidos em 2020 Li 10 livros em 2020 , com destaque para a poesia, e selecionei trechos das obras de Alex Simões , Lúcio Autran , Wesley Correia , Mariana Botelho , Nina Rizzi , Érica Azevedo , Ana Valéria Fink e Cyro de Mattos , e trechos dos romances de Franklin Carvalho e Victor Mascarenhas . Além dos livros, elaborei uma seleção de poemas de Zecalu [publicados nas redes sociais em 2019], outra seleta de trechos de crônicas de Santiago Fontoura [publicadas no Facebook], e uma seleção de poemas de Martha Galrão . Por fim, reli a autobiografia de Rita Lee e divulguei trechos também. Boa leitura! “Contrassonetos catados & via vândala” (Mondrongo, 2015) Alex Simões Leia trechos  aqui “soda cáustica soda” (Patuá, 2019) Lúcio Autran Leia trechos  aqui “laboratório de incertezas” (Malê, 2020) Wesley Correia Leia trechos  aqui “o silêncio tange o sino” (Ateliê Editorial, 2010) Mariana Botelho Leia trechos  aqui   “A ordem interior do mundo” (7Letras, 2020) Franklin Carv

Seleta: Flávio José

Flávio José (foto: divulgação ) O artista de forró que mais gosto é o cantor, sanfoneiro e compositor Flávio José . Para mim, ele é a Voz do Nordeste . Um timbre único, raro, fantástico. Ouvir o canto desse Assum Preto-Rei é sentir o cheiro da caatinga, arrastar os pés no chão de barro ao pé da serra, embalar o coração juntinho com a parceira que amo, deslizar os passos como se no paraíso estivesse, saborear a mistura de amendoim com bolo de milho, purificar o sorriso como Dominguinhos ensinou, banhar-se com as rezas das senhoras sábias, prestar atenção aos causos, lendas e histórias do povo que construiu e orgulha o Brasil . Celebrar a pátria nordestina é escutar o mestre Flávio José ! Natural da sertaneja Monteiro , na Paraíba , em 2021 vai completar 70 anos (no primeiro dia de setembro), com mais de 30 discos lançados e vários sucessos emplacados na memória afetiva do povo brasileiro (fez a alegria e o estouro da carreira de muitos compositores, que tiveram a sorte de serem grav