Pular para o conteúdo principal

Meu Oscar 2013



Quase todo mundo que gosta de cinema adora palpitar e fazer uma lista pessoal dos merecedores dos Oscars. Este ano, resolvi publicar no blog a minha lista dos prêmios principais, movido pela adoração à obra prima de Michael Haneke, o filme Amor, uma aula magistral de cinema. Segue abaixo o "Meu Oscar 2013" (só com as categorias principais) e os palpites. Prometo que amanhã não irei apagar este post caso não acerte palpite algum.



Meu Oscar 2013 - Melhor filme



Provável vencedor: A hora mais escura

PS: Não vi Argo e O lado bom da vida

Indicados:
- Amor
- As Aventuras de Pi
- Django Livre
- Indomável sonhadora
- Lincoln
- A hora mais escura
- Os miseráveis
- Argo
- O lado bom da vida



Meu Oscar 2013 - Melhor diretor



Provável vencedor: Steven Spielberg por Lincoln

PS: Não vi O lado bom da vida

Indicados:
- Michael Haneke (Amor)
- Steven Spielberg (Lincoln)
- Ang Lee (As aventuras de Pi)
- Benh Zeitlin (Indomável sonhadora)
- David O. Russell (O lado bom da vida)



Meu Oscar 2013 - Melhor ator



O MELHOR, DE FATO (não indicado): Jean-Louis Trintignant por Amor

Provável vencedor: Daniel Day-Lewis por Lincoln

PS: Não vi O lado bom da vida

Indicados:
- Joaquin Phoenix (O mestre)
- Daniel Day-Lewis (Lincoln)
- Denzel Washington (O voo)
- Hugh Jackman (Os miseráveis)
- Bradley Cooper (O lado bom da vida)



Meu Oscar 2013 - Melhor atriz



Provável vencedora: Quvenzhané Wallis por Indomável sonhadora

PS: Não vi O lado bom da vida

Indicadas:
- Emmanuelle Riva (Amor)
- Naomi Watts (O impossível)
- Jessica Chastain (A hora mais escura)
- Quvenzhané Wallis (Indomável sonhadora)
- Jennifer Lawrence (O lado bom da vida)



Meu Oscar 2013 - Melhor ator coadjuvante



O MELHOR, DE FATO (não indicado): Leonardo DiCaprio por Django livre

Provável vencedor: Tommy Lee Jones por Lincoln

PS: Não vi Argo e O lado bom da vida

Indicados:
- Christoph Waltz (Django livre)
- Tommy Lee Jones (Lincoln)
- Philip Seymour Hoffman (O mestre)
- Robert De Niro (O lado bom da vida)
- Alan Arkin (Argo)



Meu Oscar 2013 - Melhor atriz coadjuvante



Provável vencedora: Sally Field por Lincoln

PS: Não vi As sessõesO lado bom da vida

Indicadas:
- Sally Field (Lincoln)
- Amy Adams (O mestre)
- Anne Hathaway (Os miseráveis)
- Helen Hunt (As sessões)
- Jacki Weaver (O lado bom da vida)



Meu Oscar 2013 - Melhor roteiro original



Provável vencedor: Mark Boal por A hora mais escura

PS: Não vi Moonrise Kingdom

Indicados:
- Michael Haneke (Amor)
- Quentin Tarantino (Django livre)
- Mark Boal (A hora mais escura)
- John Gatins (O voo)
- Wes Anderson, Roman Coppola (Moonrise Kingdom)



Meu Oscar 2013 - Melhor roteiro adaptado



Provável vencedor: Chris Terrio por Argo

PS: Não vi Argo

Indicados:
- David Magee (As aventuras de Pi)
- Tony Kushner (Lincoln)
- Lucy Alibar, Benh Zeitlin (Indomável sonhadora)
- Chris Terrio (Argo)
- David O. Russell (O lado bom da vida)

Comentários

Discordo de alguns,
mas vamos esperar mais tarde.
Mirdad disse…
Oscar 2013, das oito categorias que opinei esse ano, acertei três pitacos e errei cinco. Três injustiças das brabas: A maravilhosa Emmanuelle Riva (Amor) ter perdido o prêmio de Melhor Atriz para a carniça da Jennifer Lawrence (O lado bom da vida), O mestre Michael Haneke (Amor) ter perdido o prêmio de Melhor Diretor para o razoável Ang Lee (As aventuras de Pi) e a aula de cinema magistral do filme Amor ter pedido o prêmio de Melhor Filme para o irrelevante Argo. E, claro, as maiores injustiças: Jean-Louis Trintignant não ter sido indicado como Melhor Ator por Amor e Leonardo DiCaprio (melhor papel da vida dele até então) e Samuel L. Jackson não terem sido indicados como Melhor Ator Coadjuvante por Django Livre.

Pitacos certos:

Melhor ator: Daniel Day-Lewis por Lincoln (Meu predileto foi Joaquin Phoenix por O mestre)

Melhor ator coadjuvante: Tommy Lee Jones por Lincoln (Meu predileto foi Christoph Waltz por Django livre)

Melhor roteiro adaptado: Chris Terrio por Argo (Meu predileto foi David Magee por As aventuras de Pi)

Pitacos errados:

Melhor filme: Argo (Pitaquei em A hora mais escura e preferi Amor)

Melhor diretor: Ang Lee por As aventuras de Pi (Pitaquei em Steven Spielberg por Lincoln e preferi Michael Haneke por Amor)

Melhor atriz: Jennifer Lawrence por O lado bom da vida (Pitaquei em Quvenzhané Wallis por Indomável Sonhadora e preferi Emmanuelle Riva por Amor)

Melhor atriz coadjuvante: Anne Hathaway por Os miseráveis (Pitaquei e preferi Sally Field por Lincoln)

Melhor roteiro original: Quentin Tarantino por Django Livre (Pitaquei em Mark Boal por A hora mais escura e preferi Michael Haneke por Amor)

Postagens mais visitadas deste blog

O grito do mar na noite no site do jornal Rascunho

Resenha do livro O grito do mar na noite (Via Litterarum, 2015), publicada no Rascunho #192, de abril de 2016, por Clayton de Souza, disponível para leitura no site do jornal.

Leia aqui

Informações sobre o livro (trechos, release, fotos, crítica, etc.) aqui

Foto do autor: Sarah Fernandes

Cinco poemas e três passagens de Ana Martins Marques no livro Da arte das armadilhas

Ana Martins Marques (foto daqui)

Espelho
Ana Martins Marques

                                     d’après e. e. cummings

Nos cacos
do espelho
quebrado
você se
multiplica
há um de
você
em cada
canto
repetido
em cada
caco

Por que
quebrá-
-lo
seria
azar?


--------


Teatro
Ana Martins Marques

Certa noite
você me disse
que eu não tinha
coração

Nessa noite
aberta
como uma estranha flor
expus a todos
meu coração
que não tenho


--------


Penélope
Ana Martins Marques

Teu nome
espaço

meu nome
espera

teu nome
astúcias

meu nome
agulhas

teu nome
nau

meu nome
noite

teu nome
ninguém

meu nome
também


--------


Caçada
Ana Martins Marques

E o que é o amor
senão a pressa
da presa
em prender-se?

A pressa
da presa
em
perder-se


--------


A festa
Ana Martins Marques

Procuramos um lugar
à parte.
Como se estivéssemos
em uma festa
e buscássemos um lugar
afastado
onde pudéssemos
secretamente
nos beijar.
Procuramos um lugar
a salvo
das palavras.

Mas esse
lugar
não há.


--------


"Um dia vou aprender a partir
vou partir
como qu…

Cinco poemas e três passagens de Ana Martins Marques em O livro das semelhanças

Ana Martins Marques (foto: Rodrigo Valente)

Coleção
Ana Martins Marques

                                        Para Maria Esther Maciel

Colecionamos objetos
mas não o espaço
entre os objetos

fotos
mas não o tempo
entre as fotos

selos
mas não
viagens

lepidópteros
mas não
seu voo

garrafas
mas não
a memória da sede

discos
mas nunca
o pequeno intervalo de silêncio
entre duas canções


--------


Ana Martins Marques

Combinamos por fim de nos encontrar
na esquina das nossas ruas
que não se cruzam


--------


Mar
Ana Martins Marques

Ela disse
mar
disse
às vezes vêm coisas improváveis
não apenas sacolas plásticas papelão madeira
garrafas vazias camisinhas latas de cerveja
também sombrinhas sapatos ventiladores
e um sofá
ela disse
é possível olhar
por muito tempo
é aqui que venho
limpar os olhos
ela disse
aqueles que nasceram longe
do mar
aqueles que nunca viram
o mar
que ideia farão
do ilimitado?
que ideia farão
do perigo?
que ideia farão
de partir?
pensarão em tomar uma estrada longa
e não olhar para tr…