Pular para o conteúdo principal

Vamos Ouvir 2014 - Top Five e Singles

Os 41 álbuns divulgados pela seção Vamos Ouvir em 2014


Vamos Ouvir é uma das seções deste blog, e ao longo de 2014, divulgou 41 álbuns, todos de música brasileira. Alguns artistas que não conhecia como Toni Ferreira, Luz Marina, Nevilton, Márcio Lugó, Juliano Gauche, Gisele de Santi e Castello Branco, entre outros, tive acesso pela lista de 100 melhores álbuns de 2013 do site Embrulhador. Os demais foi por proximidade, dicas de amigos ou lançamentos nacionais. Neste post, você pode conferir os cinco posts mais acessados da seção Vamos Ouvir, e uma seleta de singles que fiz com a melhor música de cada um dos trabalhos divulgados. Divirta-se! PS: É a despedida da seção do blog, que em 2015 será reformulado.


Top five de acessos
Apurado em 18/12/2014



1º Lugar: Mestiça, de Jurema Paes
17/01/2014
312 acessos
Ouça aqui






2º) Trummer Super Sub América
01/02/2014
271 acessos
Ouça aqui





3º) Vermelhos e Demais Matizes, de Gisele de Santi
02/04/2014
203 acessos
Ouça aqui





4º) Zulusa, de Patrícia Bastos
16/03/2014
189 acessos
Ouça aqui





5º) Toni Ferreira
19/03/2014
115 acessos
Ouça aqui



Singles




Jurema - Nkongo




Trummer Super Sub América - Medo da Rua




Gisele de Santi - Eita




Patrícia Bastos - Mal de Amor




Toni Ferreira - Paira




Nevilton - Porcelana




Luz Marina - Coração Absurdo




Márcio Lugó - Liberdade Aparente




Juliano Gauche - Cuspa, maltrate, ofenda




Fernando Temporão - De Dentro da Gaveta da Alma da Gente




Romulo Fróes - Barulho feio




Bombay Groovy - Confounded Bridge




Castello Branco - Crer-Sendo




Neto Lobo e a Cacimba - Arroto Cultural




Bailinho de Quinta - Vou te Pegar




Kristoff Silva - Deriva




Alexandre Klinke - Terreiro




Vanessa Moreno e Fi Maróstica - Vem Ver 2




Far From Alaska - Dino vs Dino




Russo Passapusso - Paraquedas




Baleia - Casa




Músicas do Espinhaço - O Correr da Vida Embrulha Tudo




Godasadog - Devagar




Sombra - O Homem Sem Face




Coladera - Nha Kancera ka tem medida




Dani & Debora Gurgel Quarteto - 36-47




Bruno Fleming - Space Boy & Loo Marx II




Clube de Patifes - Vela




Dão - Sambizanga




Tabuleiro Musiquim - Nada




Enio - Axé




A Fase Rosa - Desmancha




Reverendo T e os Discípulos Descrentes - Revelação




Giovani Cidreira - Ancohuma




Zé Vito - Já Carregou




Choque do Magriça - Sarney




Lucas Santtana - Human Time




Transmissor - Queima o sol




Thiago França - Na Multidão




André L. R. Mendes - É pra isso que estou aqui




Fábio Haendel - Morro do Submundo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O grito do mar na noite no site do jornal Rascunho

Resenha do livro O grito do mar na noite (Via Litterarum, 2015), publicada no Rascunho #192, de abril de 2016, por Clayton de Souza, disponível para leitura no site do jornal.

Leia aqui

A mesma resenha na versão impressa do jornal aqui

Foto do autor: Sarah Fernandes

Cinco poemas e três passagens de Ana Martins Marques no livro Da arte das armadilhas

Ana Martins Marques (foto daqui)

Espelho
Ana Martins Marques

                                     d’après e. e. cummings

Nos cacos
do espelho
quebrado
você se
multiplica
há um de
você
em cada
canto
repetido
em cada
caco

Por que
quebrá-
-lo
seria
azar?


--------


Teatro
Ana Martins Marques

Certa noite
você me disse
que eu não tinha
coração

Nessa noite
aberta
como uma estranha flor
expus a todos
meu coração
que não tenho


--------


Penélope
Ana Martins Marques

Teu nome
espaço

meu nome
espera

teu nome
astúcias

meu nome
agulhas

teu nome
nau

meu nome
noite

teu nome
ninguém

meu nome
também


--------


Caçada
Ana Martins Marques

E o que é o amor
senão a pressa
da presa
em prender-se?

A pressa
da presa
em
perder-se


--------


A festa
Ana Martins Marques

Procuramos um lugar
à parte.
Como se estivéssemos
em uma festa
e buscássemos um lugar
afastado
onde pudéssemos
secretamente
nos beijar.
Procuramos um lugar
a salvo
das palavras.

Mas esse
lugar
não há.


--------


"Um dia vou aprender a partir
vou partir
como qu…

Cinco poemas e três passagens de Ana Martins Marques em O livro das semelhanças

Ana Martins Marques (foto: Rodrigo Valente)

Coleção
Ana Martins Marques

                                        Para Maria Esther Maciel

Colecionamos objetos
mas não o espaço
entre os objetos

fotos
mas não o tempo
entre as fotos

selos
mas não
viagens

lepidópteros
mas não
seu voo

garrafas
mas não
a memória da sede

discos
mas nunca
o pequeno intervalo de silêncio
entre duas canções


--------


Ana Martins Marques

Combinamos por fim de nos encontrar
na esquina das nossas ruas
que não se cruzam


--------


Mar
Ana Martins Marques

Ela disse
mar
disse
às vezes vêm coisas improváveis
não apenas sacolas plásticas papelão madeira
garrafas vazias camisinhas latas de cerveja
também sombrinhas sapatos ventiladores
e um sofá
ela disse
é possível olhar
por muito tempo
é aqui que venho
limpar os olhos
ela disse
aqueles que nasceram longe
do mar
aqueles que nunca viram
o mar
que ideia farão
do ilimitado?
que ideia farão
do perigo?
que ideia farão
de partir?
pensarão em tomar uma estrada longa
e não olhar para tr…